Quarta-feira, 18 de Outubro de 2006

Poesia de Gaia - banda de Thiago Fragoso

Foto 26
 
Depois da gravação da cena pra novela O Clone

 

Foto 24
Thiago em "Síntese"

Foto 25

 

Foto 3

o início a Terra era um único organismo, Gaia, a grande mãe!

Todas as coisas e criaturas eram seu corpo e órgãos. As porções secas a pele, os mares o sangue, os ventos pulmões e então surgiu a consciência... Assim como a Terra se tornou Gaia ao ser coberta pela vida a consciência veio cobrir seu espírito de novos matizes, mas de caráter mais sutil!

Vida!! este milagre caprichoso cujas formas se confundem entre as brumas onde vaga nossa jovem e fugaz consciência sem a qual tudo seriam brumas e portanto não haveria fronteiras; um Edem sem mal pois ele desperta com a consciência das diferenças. E nas mesmas brumas habita invisível o bem.

Consciência, bem, vida, mal... Conceitos que se confundem e combinam como cores básicas dando origem ao universo das sensações, razões e à busca... mas busca de quê? Equilíbrio, união, poder, razão?

Talvez esta seja a mecânica da criação: o caos se desdobrando em vida, em consciência e desequilíbrio atravessando uma infinita trilha rumo à evolução. Partindo da inércia e unicidade da não vida e retornando a unicidade no encontro da conciência com o espírito de Gaia

 


publicado por daidjc às 16:35
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.links

blogs SAPO
blogs SAPO

.subscrever feeds